ALIADO® (AV1519)

ALIADO® (AV1519)

O HERBICIDA VITORIOSO

Suspensão concentrada com 40 g/l ou 3,42% (p/p) de diflufenicão e 160 g/l ou 13,67% (p/p) de
glifosato (sob a forma de sal de isopropilamónio).

CARACTERÍSTICAS
O ALIADO® é um herbicida com acção residual, sistémica e de contacto que detém ação pouco dependente das condições de humidade do solo e apresenta um efeito residual prolongado 4 -5 meses, sem riscos de acumulação no ambiente ou contaminação das águas subterrâneas.
Apresenta um largo espectro de acção, com um controlo eficaz de gramíneas e ervas de folhas largas em vinhas e pomares.

Nº de AV/APV 1519

EMBALAGENS 1L / 5L / 20L

Ficha Técnica

Ficha de Dados de Segurança

Culturas relacionadas

  • Ameixeira

    Infestantes da Ameixeira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Cerejeira

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Cerejeira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Citrinos

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes dos Citrinos

    DOSE E APLICAÇÃO

    LARANJEIRA E TANGERINEIRA

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período de Dezembro a Março, tendo em atenção não atingir os ramos, folhas e frutos, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 14 dias.

  • Laranjeira

    Infestantes da Laranjeira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período de Dezembro a Março, tendo em atenção não atingir os ramos, folhas e frutos, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 14 dias.

  • Macieira

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Macieira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Nectarina

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Nectarina

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Oliveira

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Oliveira

    DOSE E APLICAÇÃO

    AZEITONA DE MESA E PARA AZEITE

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-7 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, na altura das primeiras chuvas do Outono (princípio de Outubro/Novembro), desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura. Colher apenas azeitonas da árvore e não as caídas no solo tratado. 35

    Intervalo de segurança – 35 dias.

  • Pereira

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Pereira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Pessegueiro

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes do Pessegueiro

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período compreendido entre a colheita e a queda das pétalas, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 30 dias.

  • Tangerineira

    Infestantes da Tangerineira

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, no período de Dezembro a Março, tendo em atenção não atingir os ramos, folhas e frutos, desde que a aplicação seja dirigida de modo a não atingir as partes verdes da cultura.

    Intervalo de segurança – 14 dias.

  • Videira

    Infestantes anuais e/ou vivazes da Vinha

    DOSE E APLICAÇÃO

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós emergência precoce das infestantes e em pleno repouso vegetativo da vinha e até às inflorescências visíveis (BBCH 57) da videira.

    Intervalo de segurança – n.a (coberto pela época de aplicação)

  • Zonas Não Cultivadas

    Infestantes das Zonas Não Cultivadas

    DOSE E APLICAÇÃO

    Áreas  industriais, arruamentos, caminhos, bermas de  estrada, campos de aviação,  campos de jogos, cemitérios  e vias férreas.

    Infestantes anuais monocotiledóneas e dicotiledóneas: 6-8 L/ha

    Aplicar em pré e pós-emergência precoce das infestantes, quando estas se encontram em crescimento activo. Aplicar as doses mais altas na presença das infestantes Erodium spp. e Geranium spp.