SHARK

SHARK

O HERBICIDA VORAZ

Microemulsão (ME) com 60 g/L ou 6,45% (p/p) carfentrazona-etilo

CARACTERÍSTICAS

O Shark® é um herbicida de contacto, não sistémico e não residual, que atua através da inibição da enzima protoporfirina oxidase (PPO), que se traduz numa paragem da fotossíntese seguida de uma dessecação muito rápida dos tecidos foliares. Apresenta um potente efeito dessecante, atuando sobre os tecidos fotossintéticos, não lenhificados.

Nº de AV/APV 0266

EMBALAGENS 100 mL / 5 L

Folheto

Ficha Técnica

Ficha de Dados de Segurança

Culturas relacionadas

  • Ameixeira

    Desladroante da Ameixeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

     

    Infestantes da Ameixeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Aveleira

    Desladroante da Aveleira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais do tronco aplicar a dose de 0,35 a 0,4 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Aveleira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Batateira

    Dessecante da Batateira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Aplicar 1 L/ha em 300-600 L de água, assegurando uma distribuição rigorosa e uniforme para uma adequada penetração do produto na vegetação.
    Deve ser aplicado quando a batateira possuir os tubérculos completamente desenvolvidos ou no início da senescência da batateira. Em casos excecionais, pode ser necessário efetuar uma segunda aplicação. Neste caso, intervir com a mesma dose 5 a 7 dias após a primeira aplicação.
    Se se pretender efetuar uma aplicação antes do início da senescência ou na presença de uma grande massa de vegetação deve proceder à destruição mecânica da rama, 2 a 4 dias antes da aplicação de SHARK® (a rama deve ficar com 10 a 15 cm de comprimento). Neste caso aplicar a dose de 1 L de SHARK®/ha.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 3 dias

  • Citrinos

    Desladroante dos Citrinos

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes dos Citrinos

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Kiwi

    Desladroante do Kiwi

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes do Kiwi

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Macieira

    Desladroante da Macieira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Macieira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Oliveira

    Desladroante da Oliveira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes da Oliveira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Tratar até uma semana antes da colheita, quer sobre infestantes desenvolvidas, quer sobre novos crescimentos de infestantes que surjam após a monda anterior, na dose de 0,3 L/ha em 300 a 500 L água/ha em mistura com herbicida sistémico.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Pereira

    Desladroante da Pereira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes da Pereira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Pessegueiro

    Desladroante do Pessegueiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    1 L/ha

    Para o controlo de rebentos basais e do tronco aplicar na dose de 0,3 L por 100 L de água equivalente a 1 L de SHARK®/ha. Direcionar o tratamento para a zona dos rebentos, com recurso a aparelhos equipados com proteções contra as projeções de calda, de modo a evitar que o arrastamento da calda atinja a vegetação não visada. Para obter melhores resultados tratar os rebentos quando o comprimento dos mesmos for de 10 a 15 cm

    Infestantes Anuais e/ou Vivazes do Pessegueiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Videira

    Desladroante da Videira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Atua como dessecante dos ladrões das videiras que rebentam durante a Primavera e o início do Verão. Aplicar em vinhas com mais de dois anos de idade. Aplicar 0,3 L /hL, na presença de ladrões de 10 a 15 cm. Repetir a aplicação quando existirem novos ladrões com 10 a 15 cm, o que corresponde aproximadamente a 30 dias de intervalo entre as aplicações. Efetuar as aplicações quando a cultura se encontre nos estados fenológicos de cachos visíveis (BBCH 53) a fecho dos cachos (BBCH 79). Volume de calda de 100-300 L/ha. 1 L de SHARK®/ha.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 21 dias

    Infestantes anuais e/ou vivazes da Vinha

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO:

    0,3 L/ha

    Em tratamento de Outono, contra gramíneas e dicotiledóneas outonais e principais infestantes de Inverno, aplicar 0,3 L/ha em combinação com herbicidas sistémicos, usando um volume de calda de 300 a 500 L. Os volumes de calda superiores devem ser utilizados em infestantes mais desenvolvidas.
    Em tratamento de Primavera, aplicar em mistura com herbicidas sistémicos, preferencialmente em infestantes não excessivamente desenvolvidas, na dose de 0,3 L/ha. A dose pode ser reduzida para 0,25 L/ha, se forem efetuados mais tratamentos de modo a atingir adequado controlo das infestantes com novos crescimentos.

    INTERVALO DE SEGURANÇA: 7 dias

  • Zonas Não Cultivadas

    Infestantes das Zonas Não Cultivadas

    Aplicar em mistura com herbicida sistémico na dose de 0,3 L/ha