Tebutop Gold

Tebutop Gold

Emulsão água em óleo com 250 g/l ou 25,5% (p/p) de tebuconazol.

CARACTERÍSTICAS 
Fungicida da família dos triazóis com actividade preventiva e curativa.
Acção sistémica com rápida absorção (2 horas após a aplicação), garantindo uma resistência à lavagem e elevada persistência de acção, incluindo novos tecidos formados após a aplicação.

Nº de AV/APV 3773

EMBALAGENS 40 mL / 1 L / 5 L / 20 L

Ficha Técnica

Ficha de Dados de Segurança

Culturas relacionadas

  • Cevada

    Ferrugem Castanha da Cevada

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Ferrugem Castanha da Cevada

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Oídio da Cevada

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Rincosporiose da Cevada

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

  • Oliveira

    Olho de Pavão da Oliveira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    60 mL/hL ou 600 mL/ha – Aplicar na Primavera, ao aparecimento da doença e em condições climáticas favoráveis. Repetir se necessário, após 2 a 4 semanas, efectuando no máximo 2 tratamentos, com este ou outro DMI. Se necessário, prosseguir os tratamentos no Outono com produtos cúpricos aprovados para a finalidade.

  • Trigo

    Ferrugem Amarela do Trigo

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Ferrugem Castanha do Trigo

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Oídio do Trigo

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

    Septoriose do Trigo

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    1 L/ha – As aplicações devem ser feitas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a manter sãs as duas folhas superiores das plantas. No caso de variedades muito susceptíveis, e em anos com condições muito favoráveis ao desenvolvimento das doenças, repetir o tratamento passadas 2-3 semanas, no período compreendido entre o princípio do encanamento e o espigamento.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    35 dias

  • Videira

    Oídio da vinha

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    40 mL/hL ou 400 mL/ha – Realizar os tratamentos de acordo com o Serviço de Avisos. Na sua ausência iniciar as aplicações a partir do estado de cachos visíveis. A persistência biológica do produto é de 14 dias. Para evitar o
    desenvolvimento de resistências, não aplicar este produto ou qualquer outro que contenha DMI mais de 3 vezes, posicionados antes do fecho dos cachos. Os restantes tratamentos deverão ser realizados com fungicidas com outro modo de acção, como por exemplo, FLOR DE OURO.

    INTERVALO DE SEGURANÇA

    14 dias