Enxofre Molhável

Enxofre Molhável

Pó molhável com 80% (p/p) de enxofre.

CARACTERÍSTICAS
O Enxofre Molhável Selectis é um fungicida de contacto homologado em numerosas culturas.
Eficaz no controlo do oídio devido à sua actividade preventiva e curativa. Actua por fumigação através da libertação de vapores.
Fungicida ideal para ser utilizado em esquemas de anti-resistência a outros produtos.
O Enxofre Molhável Selectis reduz o risco de aparecimento de carepa, quando as condições climatéricas são favoráveis ao seu desenvolvimento.
Permitido em Protecção Integrada e Agricultura Biológica.

Nº de AV/APV 3185

EMBALAGENS 400g / 5 Kg / 25 Kg

Ficha Técnica

Ficha de Dados de Segurança

Culturas relacionadas

  • Abóbora

    Oídio da Abóbora

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    200-300 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Ameixeira

    Lepra da Ameixeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    200-400 g/hL – Aplicar ao entumescimento dos gomos e no início da floração: 300-400 g/hL. Aplicar à queda das pétalas e ao vingamento do fruto. Para o combate à moniliose, se necessário repetir 10-15 dias depois: 200-300 g/hL.

    Moniliose da Ameixeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    200-400 g/hL – Aplicar ao entumescimento dos gomos e no início da floração: 300-400 g/hL. Aplicar à queda das pétalas e ao vingamento do fruto. Para o combate à moniliose, se necessário repetir 10-15 dias depois: 200-300 g/hL.

  • Amendoeira

    Moniliose da Amendoeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    200-400 g/hL – Aplicar ao entumescimento dos gomos e no início da floração: 300-400 g/hL. Aplicar à queda das pétalas e ao vingamento do fruto. Para o combate à moniliose, se necessário repetir 10-15 dias depois: 200-300 g/hL.

  • Begónias

    Oídio das Begónias

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    100-400 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Cerejeira

    Lepra da Cerejeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-400 g/hL – Aplicar ao entumescimento dos gomos e no início da floração: 300-400 g/hL. Aplicar à queda das pétalas e ao vingamento do fruto. Para o combate à moniliose, se necessário repetir 10-15 dias depois: 200-300 g/hL.

    Moniliose da Cerejeira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-400 g/hL – Aplicar ao entumescimento dos gomos e no início da floração: 300-400 g/hL. Aplicar à queda das pétalas e ao vingamento do fruto. Para o combate à moniliose, se necessário repetir 10-15 dias depois: 200-300 g/hL.

  • Ervilheira

    Oídio da Ervilheira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    150-200 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Macieira

    Oídio da Macieira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO

    350 g/hL – Realizar aplicações ao abrolhamento. Repetir com 7-10 dias de intervalo ou em pomares muito atacados de 5 em 5 dias até ao fim do crescimento dos rebentos.

  • Melancia

    Oídio da Melancia

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-300 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Meloeiro

    Oídio do Meloeiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    300-350 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Morangueiro

    Oídio do Morangueiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200 g/hL – Aplicar ao aparecimento dos primeiros sintomas, em condições favoráveis à doença.

  • Pepino

    Oídio do Pepino

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-300 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.

  • Pessegueiro

    Lepra do Pessegueiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-400 g/hL – Aplicar antes da floração 300-400 g/hl. Aplicar após a floração até ao vingamento do fruto, desde que o tempo decorra húmido ou chuvoso 200-300 g/hL.

     

    Oídio do Pessegueiro

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-400 g/hL – Começar a aplicar após a floração usando a concentração mais elevada. Realizar aplicações com intervalos de 10-15 dias utilizando a concentração mais baixa.

  • Roseira

    Oídio da Roseira

    CONCENTRAÇÃO/DOSE E APLICAÇÃO 

    200-400 g/hL – Iniciar as aplicações quando as plantas apresentam 3-5 folhas definitivas. Repetir a intervalos de 2-3 semanas, se necessário.